Artigos

Foto: EBC

Como consultar o resultado da aposentadoria pela internet?

É normal que você fique ansioso para saber o resultado do pedido de aposentadoria, mas hoje é mais rápido porque é possível ver pela internet.

Isso é ótimo porque você não precisa mais esperar a carta do INSS pelos Correios. Inclusive, em alguns casos, essa carta nem é enviada pelo INSS.

Para facilitar tudo isso, vou explicar agora para você:

  • Como consultar o resultado da aposentadoria pelo Meu INSS
  • O que acontece depois da aprovação do benefício
  • O que fazer se o benefício foi negado pelo INSS

Como consultar o resultado da aposentadoria na internet? | Meu INSS

Hoje está mais fácil e você pode acessar o resultado do pedido de aposentadoria internet, acessando o site ou aplicativo Meu INSS (Android ou iOS).

No Meu INSS, pelo site ou aplicativo, você deve seguir os seguintes passos:

  • acesse meu.inss.gov.br ou baixe o aplicativo para Android ou iOS;
  • clique em “entrar” se você já tiver senha cadastrada; ou clique em “cadastrar senha” para fazer o seu cadastro;
  • depois de acessar, você vai clicar em “Agendamentos / Solicitações”;
  • agora, você precisa encontrar o pedido de aposentadoria e clicar no símbolo da lupa (veja abaixo);
  • depois de clicar na lupa, você vai descer até o final da página e clicar na opção “baixar processo”;
  • abra esse documento e verifique as informações sobre a aprovação ou negativa do pedido de aposentadoria.

Se o pedido foi deferido, significa que a aposentadoria foi aprovada. Porém, se foi indeferido, o INSS negou o pedido.

O que fazer se o pedido de aposentadoria for aprovado?

Depois de tantos anos de trabalho e de ansiedade por esse resultado, você deve comemorar muito esse momento!

No entanto, você precisa analisar a carta de concessão do benefício. Talvez chegue por correios, mas também pode acessar pelo Meu INSS.

Nessa carta de concessão, terá todo o seu histórico de trabalho e os salários usados como base de cálculo da sua aposentadoria.

Então, é importante que você verifique a carta de concessão, porque é nela que você saberá todos os detalhes do benefício solicitado ao INSS.

Inclusive, após a aprovação da sua aposentadoria, a Carta de Concessão é obrigatória para você sacar o FGTS e o PIS/PASEP no banco.

Agora, se você não concordar com as informações que estejam na carta de concessão, é possível entrar com recurso no próprio INSS para contestar o resultado.

Se desconfiar que tenha algum erro, recomendo que você procure advogados especialista em Previdência, porque assim terá as informações corretas e vai saber o que deve fazer.

Isso é importante porque o seu benefício pode ter sido reduzido, pois, não tinha todos os períodos e salários. Além disso, também pode acontecer de o INSS errar os cálculos.

Por fim, se tiver tudo certo com o cálculo da sua aposentadoria, você só precisa aguardar a data para começar a receber o benefício.

O pagamento é feito de acordo com o número do benefício, o calendário do INSS (que muda todo ano) e o banco informado na Carta de Concessão.

O dinheiro cai na conta que você incluiu no pedido da aposentadoria ou, se não informou a conta, talvez receba o cartão do banco que vai fazer o seus pagamentos.

O que fazer se o pedido de aposentadoria for negado?

Com certeza, esse não é um momento aguardando por ninguém, porque você também trabalhou muito durante a vida e, mesmo assim, teve o seu direito negado.

Esse indeferimento que o INSS colocou na Carta de Concessão, talvez não seja a palavra final, porque é possível contestar esse resultado de duas formas:

  • por recurso administrativo no próprio INSS
  • em ação judicial

Para fazer a contestação no INSS, você tem o prazo máximo de 30 dias após receber o resultado do pedido de aposentadoria.

A resposta do recurso administrativo é mais rápida que a ação judicial, mas é muito raro o INSS reconhecer que errou e reverter o resultado. Mesmo assim, vale tentar!

Agora, se decidir que vai entrar com processo na Justiça, para contestar o resultado da aposentadoria, você não precisa fazer todos os recursos no INSS.

Ou seja, quando o INSS negar o seu pedido, você já pode procurar um advogado para iniciar o processo judicial.

A Justiça faz uma análise mais detalhada do pedido. Com isso, você tem mais chances de conseguir a sua aposentadoria.

Inclusive, se o pedido for aprovado pela Justiça, ela manda o INSS pagar todas as parcelas atrasadas desde o momento que iniciou o pedido lá no INSS.

Ainda que demore para sair o resultado do processo judicial, você pode conseguir o seu direito a tão sonhada aposentadoria.

▶️ Clique aqui para falar com especialistas em INSS e Previdência Social

▶️ Acesse nossas redes sociais: Instagram | Facebook | Jusbrasil

Compartilhe esse conteúdo
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Queremos entender melhor o seu caso e te ajudar de acordo com sua necessidade.