Artigos

Prova de vida

O que acontece quando você não faz a prova de vida?

A prova de vida é uma comprovação obrigatória para aposentados e pensionistas do INSS; inclusive, deve ser feita todos os anos. Mas o que acontece quando você não faz a prova de vida? Veja agora!

Os aposentados e pensionistas do INSS devem comprovar todo ano que estão vivos, é a conhecida prova de vida ou fé de vida.

Essa é uma maneira que o governo encontrou para reduzir as fraudes e, assim, evitar que outras pessoas recebam os benefícios de aposentados e pensionistas que faleceram.

O que acontece quando você não faz a prova de vida?

Em geral, a prova de vida é feita no mês de aniversário do aposentado ou pensionista. Assim, por exemplo, os aniversariantes de janeiro, tinham do dia 2 até o dia 30 para ir ao banco e fazer a sua comprovação.

Porém, quando você não faz a prova de vida, é possível que o pagamento dos benefícios seja suspenso até que a situação esteja regularizada.

Com isso, o beneficiário precisa ir ao INSS para atualizar os seus dados e fazer a prova de vida. Não é comum, mas é possível que alguns bancos aceitem a comprovação atrasada.

No entanto, desde março de 2020, a prova de vida está suspensa em razão da pandemia do novo coronavírus. Isso foi feito para evitar deslocamento e aglomeração de aposentados e pensionistas nos bancos.

Por isso, ainda não é preciso se preocupar em fazer a prova de vida até que seja seguro e o INSS informe no seu site que a comprovação voltou a ser obrigatória. Até lá, o benefício não será suspenso.

Link da notícia

Como fazer a prova de vida?

Hoje, é possível fazer a prova de vida de duas maneiras: no banco em que recebe o benefício ou, ainda, nas agências do INSS.

A maneira mais comum é o aposentado ou pensionista fazer a fé de vida no banco em que recebe os pagamentos mensais do benefício.

Em alguns bancos, é possível fazer no caixa eletrônico usando apenas a digital ou palma da mão. Em outros, você precisa entrar na agência e apresentar algum documento de identificação, como o RG, CPF, CNH, Carteira de Trabalho.

No entanto, se o aposentado ou pensionista não tiver condições de ir ao banco, a prova de vida pode ser feita por representante legal ou procurador que esteja cadastrado no INSS.

Por fim, está em testes a opção para fazer a prova de vida digital por biometria facial, utilizando apenas o seu celular em casa. Serão utilizados os dados da CNH Digital ou do Título de Eleitor.

Prova de vida digital

Em agosto de 2020, o INSS começou o projeto da prova de vida digital. Naquele momento, foram selecionados 500 mil beneficiários para a comprovação pela internet, com o uso dos aplicativos Meu INSS e Gov.Br.

Com certeza, a comprovação por biometria facial torna mais rápido e seguro o procedimento. Agora, a expectativa é que isso seja uma solução para todos os aposentados e pensionistas evitarem o deslocamento.

Porém, quem não tiver acesso à internet, ainda pode ir ao banco para fazer sua fé de vida, mas esses casos serão tratados como exceções. Mas faça isso apenas quando voltar a ser obrigatório.

Como saber o dia de receber do INSS?

Os pagamentos são feitos com base no número final do cartão de benefício. Se você não tem o cartão e recebe em conta corrente/poupança, deve olhar o número do benefício no site Meu INSS.

Importante: o último dígito é considerado aquele que aparece antes do traço. Exemplo: 555.888.777-9; nesse caso, o último dígito será o número 7 porque é ele que está antes do traço.

Tabela com a data de pagamento dos benefícios do INSS

Essa tabela de pagamento de benefícios é uma programação anual que o INSS faz para que você saiba em qual data o seu benefício estará disponível no banco, conta corrente/poupança ou correspondente.

▶️ Clique aqui para falar com especialistas em INSS e Previdência Social

▶️ Acesse nossas redes sociais: Instagram | Facebook | Jusbrasil

Compartilhe esse conteúdo
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Queremos entender melhor o seu caso e te ajudar de acordo com sua necessidade.